sábado, 3 de agosto de 2013

10 bares/restaurantes needs e geeks.



1- Ludus Luderia (Brasil)

vamos começar com o brasil. Ludus Luderia Inaugurada no dia 14 de julho de 2007, traz a proposta inovadora de um lugar para reunir os amigos onde tem jogos, boa comida e bons drinks. Fica em São Paulo, na Rua Treze de Maio, número 972. conta com um cardápio com 700 jogos para escolher e jogar com seus amigos.









2- 
Hajime (Tailândia)

O Hajime Restaurant parece ter saído de algum filme de ficção científica: lá, os garçons são robôs. Os pedidos são feitos em uma tela touchscreen e os garçons robóticos logo entram em ação servindo os clientes. E não para por aí. Os robôs também recolhem os pratos vazios e dançam para entreter quem estiver por lá. O proprietário do restaurante do futuro investiu mais de um milhão de reais no espaço, incluindo a compra de quatro robôs japoneses.




3- Barcade - EUA

Em 2004, cinco amigos decidiram abrir seu próprio bar em Williamsburg, Brooklyn. Todos apaixonados por cerveja artesanal e jogos clássicos de Arcade, então por que não juntar as duas paixões? Assim nasceu o Barcade, um bar onde você pode jogar jogos clássicos como pacman e beber junto.







 








4- Demacia (China)

Localizado na cidade de Chongqing, o restaurante foi inaugurado no dia 18 de fevereiro e fica dentro de um shopping center. Tudo lembra o LoL, dos atendentes ao cardápio e você ainda pode jogar uma partidinha para ajudar - ou piorar - sua digestão. Segundo o site Kotaku, a representante chinesa da Riot Games não tem relação alguma com o restaurante, também nada comentaram sobre licenças e autorizações.
Enquanto o ult da Caitlyn está no cooldown, aproveite para pedir que ela traga uma poção de mana ou vida, sem correr risco de feedar a ADC, porque vai que ela não gosta de ser tratada como courrier empregadinha, né? 

A estátua do Garen está meio esquisita, mas foram bem fiéis em relação ao tamanho da espada e a falta de pescoço do cara mais querido de Demacia, né? Aliás, será que vai rolar fake dc na hora de pagar a conta?

5- World of Warcraft Restaurant (China)

E a galera lvl asian ataca novamente.  Ok, todos nós sabemos que os chineses realmente são hardcores, imperam nos games e tal, mas eles realmente levaram tudo a sério até no offline, né? E eu, particularmente, achei a ideia genial. Não é novidade que o WoW é um dos MMORPG's mais famosos e de maior sucesso no mundo, então com certeza é algo que também vai despertar muita curiosidade.


A humana mage e o orc warrior já deixam tudo muito claro na entrada. Ele fica localizado no centro de Pequim e tudo é inspirado no jogo, desde a fachada, decoração interna, uniforme dos funcionários até o cardápio e as comidas. Ele foi aberto em 2008 por um investidor e fã dos jogos da Blizzard. Há warriors da Aliança guardando o hall de entrada para a área de jantar, o lugar foi batizado de "The Hall of Snow Storms", as paredes possuem artworks das cenas do universo de Warcraft e tem até uma árvore simbolizando os Night Elves no meio do lugar! 

Os pratos são inspirados nas receitas presentes no jogo, "Orgrimmar Pork Chops", "Dun Morogh braised prawns" e "Darnassus shark fin". O mais legal é que eles tem um sistema de "fidelidade" onde há descontos para quem conquista pontos no restaurante

6- Mundo Tapas Bar (Sydney)

Esse bar é para quem adora ficar conectado com a internet 24hs. O bar tem o ipad como cardápio. Além das fotos dos pratos, também vem com comentários de clientes para ver se vale ou não a pena pedir.








7- Miracle of Science (EUA)



http://farm1.static.flickr.com/16/23251295_ba0ad58626.jpg?v=0
Inaugurado em 1991, o Miracle of Science (ou Milagre da Ciência) é campeão em se tratando de elegância geek. Logo na entrada dá para perceber que não é um restaurante comum: o menu é escrito a mão, na parede, em formato de tabela periódica. O restaurante sempre está cheio de artistas, músicos, físicos e geeks que entendem tudo de informática.




                                          


http://questier.com/Photos/200907_USA/20090731-170329_USA_Massachusetts_MIT_Miracle_of_science_bar_Frederik_Questier.jpg




http://questier.com/Photos/200907_USA/20090731-172957_USA_Massachusetts_MIT_Miracle_of_science_bar.jpg



8- moJo iCuisine(Taiwan)


Imagine um mundo em que você pudesse sair para jantar sem ter que se preocupar com o momento em que garçom vai aparecer para anotar o seu pedido ou fechar a sua conta. No iCuisine isso é possível. Nesse restaurante, você faz seu pedido através do menu que aparece na mesa interativa, sensível ao toque. Você e seu acompanhante podem até escolher o tipo da toalha da mesa que querem enquanto estiverem jantando. A comida não poderia ser comum em um restaurante assim: é uma mistura de comida ocidental com gastronomia molecular.






9- Yo! Sushi (Londres)


BandejaA filial de Londres da rede de restaurantes Yo! Sushi inaugurou uma forma inovadora de levar os pedidos dos clientes às mesas – uma bandeja voadora. O drone funciona como um mini-helicóptero e alcança até 40 quilômetros por hora.
O nome do mecanismo é iTray (algo como iBandeja, em uma tradução livre) e ele é controlado pelos garçons por meio de um iPad. Basta que eles inclinem o tablet na direção em que querem que o aparelho vá e ele voa para lá, até uma distância máxima de 45,7 metros.


10- Library Bar (EUA)


http://www.eusa.ed.ac.uk/pageassets/yourvenues/teviot/16September2009SilentDiscoDykeeniesSimonWebbe12.jpgO Library Bar é um ótimo local para quem gosta de literatura e de bares diferentes e criativos para sair. Com tantas opções de livros nas estantes, fica até difícil lembrar de fazer o pedido de uma das várias cervejas artesanais que eles fornecem. Mas se a fome bater, fique tranquilo: o garçom entrega o cardápio e você pode fazer o pedido por telefone. O Wolfgang Puck Gourmet Express, vizinho do bar literário, tem ótimas opções de comida, e eles entregam o pedido enquanto você lê algum clássico e aprecia uma boa cerveja.



BÔNUS

Akihabara, o bairro mais nerd do mundo

Localizado na região central de Tóquio, o bairro de Akihabara, também chamado de Akiba, é considerado a "Meca dos nerds". Ao longo da avenida Chuo Dori e de ruas transversais estão milhares de lojas de artigos eletrônicos, além de muitas lojas especializadas em quadrinhos japoneses (mangá) e artigos de desenhos animados (anime). Confira a seguir algumas das atrações de Akihabara.















sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Perigo para o compradores de games (mídia online, Steam, Psn, XBox live)





Um deputado federal chamado Ricardo Izar de São Paulo, apresentou hoje um projeto de lei, muito polêmico ele quer que todas as empresas que vendem qualquer tipo de  digital, como os jogos aplicativos por exemplo sejam obrigados se restabelecer formalmente no Brasil. 

JUSTIFICATIVA
A intenção da presente proposição é tornar clara e segura a venda de aplicativo de smartphones e tablets, jogos via steam, app store, psn, e outros, aos consumidores finais brasileiros. Atualmente, em virtude da venda ser realizada via rede mundial de computadores, as empresas que negociam esse tipo de produto tecnológico estão instaladas no exterior e fazem isso intencionalmente para se evadir da tributação brasileira e de qualquer responsabilidade civil pela respectiva venda em caso de problema ou insatisfação nesta relação consumerista.  alegando que as empresas como apple a steam e a google, se aproveitam disso pra deixar de pagar impostos.

Assim, no momento que a venda é feita via internet e paga por meio de cartão de crédito internacional, a Receita Federal do Brasil e as  Receitas de Fazenda dos Estados, Municípios e Distrito Federal não sabem e não conseguem tributar essas empresas pelo fato da venda ser realizada sem obrigatoriamente se submeter à legislação brasileira. Ou seja, não seguem as obrigações tributárias acessórias e principais no Brasil.

Sua proposta até que faz sentido, se você teve algum problema com software comprado nesses locais será mais fácil resolver, tendo uma empresa no brasil.o deputado alegando que as empresas como apple a steam e a google, se aproveitam disso para deixar de pagar impostos. O lado ruim é que os jogos se tornaram mais caros, ou seja quem aproveitava aqueles descontos de 25%  50%  ou até 75% da steam não terá mais, nao só na steam como também na Psn, Xbox live e  outros.


fonte: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=1426DF41CD3946C773F9F633358E6A42.node2?codteor=1056607&filename=Tramitacao-PL+4933/2013


Satoru Iwata, presidente da Nintendo, afirmou que a empresa cria jogos e não arte





Satoru Iwata, presidente da Nintendo, afirmou que a companha cria jogos e não arte, reforçando que é preciso criar jogos que causem impacto nos jogadores ao invés de arte.

Numa entrevista com o Toyo Keizai Online, Iwata disse que a posição amarga da Nintendo Wii U irá mudar com a chegada de novos jogos. Acredita que apesar de uma primeira metade de 2013 com vendas fracas de jogos e consolas, o potencial da Wii U não foi rejeitado.

"Os estúdios Nintendo são extremamente insaciáveis no que diz respeito a se os seus jogos têm um impacto no consumidor ou não," diz Iwata.

Iwata acredita que para criar é quase uma expressão de egoísmo, alguém acredita que algo é a forma certa e tem que ter essa confiança. No entanto o objetivo final de um produto é ser aceite e acarinhado pelas pessoas, caso contrário terá que ser explicado.

Ontem foi anunciado que a Wii U vendeu apenas 160,000 unidades em três meses.

fonte: http://www.eurogamer.pt/

Nova sequencia de Tomb Raider confirmado.



Phil Rogers, CEO da Square Enix of Europe, confirmou oficialmente que o desenvolvimento da sequela de Tomb Raider já arrancou.
A sequela irá ter direito a uma série de comics que narram os acontecimentos decorridos entre o primeiro e o segundo jogo e Rogers diz que faz a revelação com entusiasmo.
É descrito como um Tomb Raider de próxima geração e uma das novas amostras da revigorada filosofia da companhia, a intenção é oferecer mais escolhas aos jogadores e suportar mais plataformas.
O novo Tomb Raider é parte do novo esforço por uma companhia com blockbusters de nova geração e jogos mobile de topo, assim como jogos PC online.


fonte: http://www.eurogamer.pt/ 

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Review Cubetractor (portuguer-br) jogo indie


Cubetractor é um de puzzle para quem quer passar o tempo se divertindo, o personagem principal e único jogável, procura ilustrar um robozinho, meio atrapalhado e cativante, que são reforçados pelos diálogos que tem entre uma fase e outra.

O gráfico e os desenhos são todos claros e com cores levemente brilhantes. As ilustrações estão em duas dimensões (com algumas simulando três), e tudo foi muito bem elaborado, deixando o jogo simples, mas muito bonito. A música de fundo é voltada para o tema, adotando uma melodia suave e constante, o que ajuda na imersão no clima transmitido pelas imagens.

Outros sons são referentes às ações vistas na tela ou provenientes dos elementos construídos (como os tiros de canhões). Todos estão de acordo com o que representam e em ótima sincronia com o evento. O jogo também possui um tempo de resposta imediato os comandos, fazendo com que você não sofra com atrasos para completar uma tarefa.

Basicamente, o Cubetractor é um joguinho “livre” com algumas missões para você completar. Não há um grande plano de fundo inicial explicando como o nosso “herói” foi parar nessa grande aventura, mas trechos da história são contados cada vez que você completa uma das fases apresentadas.

Se você gosta de puzzles que possuem um tema um pouco mais descontraído e são ótimos para passar o tempo, certamente vai gostar de Cubetractor.

Trailer do jogo a baixo



segunda-feira, 29 de julho de 2013

você sabe oque são jogos indie? Tudo sobre, aqui no mixx games

Você ja deve ter visto alguém citando o nome "jogo indie" em algum site ou vídeo, mas você sabe o significado? Bom, vamos te explicar

Indie, do inglês, abreviatura de independent, que significa jogo independente, ou seja, que não recebeu grandes investimentos em cima do projeto, como grandes franquias geralmente recebem, feito por pessoas que geralmente sabem o básico da programação e não possuem um sistema de criação de jogos bons, e investindo pouco tempo em cima do projeto. 


Alguns dos jogos Indie de hoje em dia, são bem mais famosos do que alguns em que envolve uma grande produção de milhares de dólares(já que a maioria de jogos Indie vem dos EUA),e centenas de produtores e que eles fazem tanta propaganda que você já sabe como o jogo começa e termina sem nem mesmo ter jogado.Enfim, alguns jogos Indie surgem do nada, coisa de seu amigo te passar por e-mail e você acaba jogando ,gostando e faz o mesmo passa para outros colegas e acaba divulgando o jogo e fazendo-o famoso. E Games desta Plataforma(vamos considerar assim), acabam sendo mais esperados por Gamers do que uma Mega Produção, pelo fato de ter uma criatividade imensa que a grandes produtoras  não tem mais.

Como os produtores não tem um sistema bom, os gráficos não são lá muito bons, mas gamer que é gamer não liga para gráfico e sim para a diversão.

Mas a palavra indie nao se refere somente a jogos, mas também a musicas ou gravadoras. Ex musicos que começaram no fundo de um quintal ensaiando todos os dias, e acabaram fazendo sucesso.

alguns exemplos de jogos indies

Minecraft

muitas pessoas que jogam minecraft não sabiam que o jogo foi criado independente, pelo famoso "notch" na qual vez um imenso sucesso fazendo com que o mundo inteiro conhece-se o jogo.





DungeonLand




limbo



rogue legacy









quinta-feira, 18 de julho de 2013

Dicas cube world #3 como colocar em português(br)

Nesse tutoria vou ensinar como a como colocar o jogo cube world em português(br), muito fácil e rápido.

1° passo.
faça o download nesse link ---> http://adf.ly/SO3Ei

2° passo
abra a pasta do download, extraia o arquivo chamado "data4".

3° passo
abra a pasta do jogo, cole o "data4" e substituí na raiz da pasta do jogo

4° passo
inicie o jogo e seja feliz

Cuidado
não abra o jogo usando o arquivo "cubelaucher", use o arquivo "cube". Porque quando você inicia pelo "cubelaucher" automaticamente o jogo irá reconhecer que o arquivo foi modificado e tornara a linguagem padrão novamente.

Como ainda é a primeira versão da tradução ainda esta com alguns nomes nao traduzidos, mas alguns objetos não foram traduzidos por falta de tradução direta do inglês para o português, fazendo com que nao houve-se sentido a tradução